Até quem não é da área de direito sabe que o exame da OAB é difícil, pois as notícias de altos índices de reprovação estão sempre em evidência.

No entanto, mesmo que não seja uma das tarefas mais fáceis, tanto o estudante quanto o bacharel têm maneiras de se preparar para o certame.

Neste post, vamos esclarecer sobre como estudar para a prova da OAB e aumentar as chances de aprovação. Acompanhe.

Organize o seu local de estudos

A primeira providência a ser tomada pelo aluno é a organização do seu lugar de estudos. É importante encontrar um espaço adequado, com boa iluminação, silencioso, tranquilo e com boa ergonomia. Evite estudar em locais desconfortáveis, como a cama ou o sofá.

Não esqueça, também, de organizar o seu material de estudos, como livros, apostilas, códigos, Post-its para anotações, lápis e canetas.

Estude o edital

Muitas pessoas ignoram a importância de ler o edital antes de começar a estudar para a prova da OAB. Essa etapa de preparação garante não apenas que você saiba a data e o horário do exame como o conteúdo que será exigido e as regras no dia da prova.

Faça um plano de estudos

Depois de cumpridos o primeiro e o segundo tópico, é hora de começar a estudar para a prova da OAB. Portanto, faça um plano de estudos organizando toda a matéria que precisa ser revista até a data da prova.

Defina as suas metas diárias e crie uma rotina estabelecendo horário, matérias com mais conteúdo e as que precisam de mais atenção. Não esqueça de estipular um período para descanso, pois ele também é essencial para um bom aprendizado.

Refaça as provas anteriores

Uma boa forma de estudar para a prova da OAB é refazendo as provas anteriores. Você pode fazer isso de duas maneiras:

  1. resolvendo as questões de matérias específicas conforme for estudando;
  2. resolvendo a prova inteira de uma vez e cronometrando o tempo.

De todo modo, anote sempre os resultados para conseguir medir a sua evolução durante os estudos e identificar seus pontos fortes e negativos. Também não esqueça de avaliar o estilo dos certames, se têm pegadinhas, se as questões são muito longas ou literais, e preste atenção à interdisciplinaridade das perguntas.

Evite a decoreba

Embora alguns conceitos sejam memorização pura, cada vez mais a banca examinadora tem elaborado questões interdisciplinares. Isso faz com que os candidatos precisem raciocinar e ligar uma matéria com a outra.

Portanto, não aposte apenas na decoreba de artigos e aprenda a enxergar o direito da forma como ele realmente é: um conjunto interligado de normas.

Estude para a prova da OAB com profissionais

Se você acha que não conseguirá sozinho, seja por insegurança, seja por dificuldade de concentração, não hesite em procurar um curso preparatório para a OAB, não há nenhum problema nisso.

Com o auxílio de um cursinho, o seu estudo será direcionado por professores experientes e que estarão à disposição para tirar todas as suas dúvidas sempre que elas surgirem.

Além disso, caso não tenha tempo para se dirigir até uma escola, saiba que também existe a possibilidade de cursar on-line, o que facilita bastante a rotina das pessoas que trabalham e estudam.

Se você gostou do nosso post sobre como estudar para a prova da OAB, siga a gente nas redes sociais (Facebook, Youtube, Instagram) e fique por dentro de mais dicas como estas.

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.