Se você ainda não conferiu as informações.

Acesse estes links:

Pois é galera, chegou a hora de ter a vermelhinha em mãos!

Depois de gritar a plenos pulmões #chupafgv e comemorar muito! Inicia o processo de separar os documentos e iniciar o pedido do certificado de aprovação.

Estas instruções, para requerimento do certificado, variam de uma seccional para outra. É sempre bom verificar as informações, por estados, disponíveis na página da acompanhamento da OAB/FGV e através dos sites das próprias seccionais.

Em linhas gerais, os documentos para requerer a carteirinha são estes:

  • O certificado da sua aprovação no Exame da Ordem.
  • petição requerendo a sua inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil.
  • Certidão negativa da Justiça Comum
  • Certidão negativa Justiça Federal
  • RG e CPF
  •  Título de Eleitor e quitação com a justiça eleitoral
  • Certificado de Reservista ou de Dispensa de Incorporação
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Três fotografias no formato 3×4, recente, em fundo branco, papel sem brilho, sem data, sem moldura, sem marcas, de frente, não podendo ser escaneada ou digitalizada. Para homens paletó e gravata, e para mulheres em trajes condizentes à profissão;
  •  Diploma registrado no MEC (original e cópia).
  • Pagamento da taxa de inscrição.

Se você não encontrou seu nome na lista de aprovados, respire fundo e procure manter a calma. Recomponha as forças e continue a batalha.

O candidato que for reprovado na prova prático-profissional deve analisar sua prova com cautela, verificando, criteriosamente, a correção realizada pelo examinador. Caso o candidato entenda que houve equívocos por parte do examinador, com a consequente desconsideração de nota, deve interpor recurso postulando a reforma da correção e, portanto, do resultado.

Além disso, os candidatos devem ficar atentos no que tange ao prazo para a interposição dos recursos. O edital do XXIII Exame de Ordem prevê o prazo de 3 (três) dias para a interposição de recursos, iniciando a contagem do prazo no dia 11 de outubro, a partir das 12h, encerrando-se às 12h do dia 14 de outubro. (Lembrem-se: horário de Brasília).

O recurso deve ser interposto através do site http://oab.fgv.br, exclusivamente.

Atenção! Cada candidato poderá interpor APENAS UM recurso POR questão discursiva e sobre a peça profissional com o limite de até 5 mil (cinco mil) caracteres cada um. Logo, para cada questão da prova terá um limite de até 5 mil caracteres, e para a peça também terá um limite de 5 mil caracteres (peça toda).

Assim, o recurso não pode ser extenso demais. Convém salientar que não é necessário termos jurídicos ou pesquisas do assunto, quanto mais claro e objetivo o recurso melhor.

O candidato não pode inserir seu nome no recurso, assim como quaisquer identificações.

A informação de qualquer dado pessoal ou qualquer outro dado que leve a possível identificação do candidato levará ao indeferimento sumário.

Esclarecemos novamente que o recurso é realizado exclusivamente pelo site da FGV disponibilizado acima. Portanto, não será aceito recurso enviado por fax, correio eletrônico ou pelos Correios. Também não será aceito recurso fora do prazo.

Por fim, frisamos que a decisão dos recursos e o consequente resultado definitivo do XXII Exame de Ordem serão divulgados na data de 24 de outubro.

Nós sabemos o quanto é angustiante redigir um recurso. Sabemos que é bom poder contar com alguém para auxiliar neste momento. Foi pensando nisso, que a Equipe do CEISC vai auxiliá-lo com a correção do seu recurso, na busca da sua tão sonhada aprovação!!!

ATENÇÃO: Apenas alunos CEISC terão seus recursos corrigidos.

Para saber mais acesse este link: Correção de recursos: Alunos matriculados nos cursos OAB 2ª Fase receberão auxílio em seus recursos

Esperamos ter ajudado.

Boa sorte!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.