peças mais cobradas na oab e como estudar

Você seguiu o seu cronograma de estudos e simulados com afinco, e passou para a segunda fase do exame da Ordem. Agora, é preciso se preparar para a parte escrita da prova, com a elaboração da peça e a resolução das questões dissertativas. Nesse momento, é importante conhecer quais são as peças mais cobradas na OAB, para guiar o seu foco nas revisões.

É essencial dedicar uma quantidade especial de tempo dos seus estudos a ela, devido à sua pontuação: para ser aprovado, é necessário somar ao menos 6 pontos na segunda fase — e a peça, sozinha, já vale 5. Assim, é fundamental ter atenção e cuidado ao escrevê-la, além de estar preparado para a sua possível temática.

Para ajudá-lo nessa fase dos seus estudos, elaboramos este texto. Nele, vamos mostrar quais são as peças mais cobradas no exame da Ordem e como se preparar da melhor forma possível para essa etapa. Continue a leitura e acompanhe!

Quais são as peças mais cobradas na OAB?

Durante a inscrição para a prova, o candidato poderá escolher a área desejada para a segunda fase do exame. É essa escolha que determinará o tema da peça que ele deverá escrever. Sendo assim, veja abaixo o histórico das peças mais cobradas na OAB, de acordo com cada matéria.

Direito Civil

Em Direito Civil, a peça mais cobrada nas edições anteriores foi Petição Inicial, aparecendo em 18 exames. Apelação foi solicitado quatro vezes e Agravo de Instrumento, três vezes. Enquanto isso, Contestação e Recurso Especial apareceram duas vezes cada.

Direito Constitucional

A peça mais cobrada em Direito Constitucional foi Mandado de Segurança, aparecendo em sete exames, seguido de perto por ADI, solicitado em seis ocasiões. Ação Popular teve quatro, Recurso Extraordinário três e ADPF e Recurso Ordinário duas ocorrências cada.

Direito Empresarial

Em Direito Empresarial, a peça mais frequente foi Petições Iniciais, solicitado vinte vezes. Contestação foi pedido três vezes e Recurso de Apelação duas vezes.

Direito do Trabalho

Em Direito do Trabalho, a peça mais recorrente foi Contestação e Recurso Ordinário, em dez exames, enquanto Reclamatória Trabalhista, cinco vezes. Já Petição Inicial de Ação de Consignação em Pagamento apareceu em duas ocasiões e as Contrarrazões ao Recurso Ordinário uma vez.

Direito Tributário

Em Direito Tributário, o campeão de ocorrências foi Mandado de Segurança, com oito aparições. Agravo de Instrumento, Embargos à Execução e Ação de Repetição de Indébito caíram em cinco exames. Já Ação Anulatória e Apelação estiveram presentes em quatro ocasiões.

Direito Penal

A peça mais cobrado em Direito Penal foi Memoriais Escritos, com sete ocorrências, seguido por Recurso de Apelação com seis. Resposta à Acusação apareceu quatro vezes, enquanto Recurso de Agravo em Execução e Recurso em Sentido Estrito foram utilizados três vezes.

Direito Administrativo

Por fim, no Direito Administrativo, a peça mais cobrada foi Petição Inicial de Procedimento Comum, presente em doze exames. Apelação foi pedido em apenas cinco casos, enquanto Mandado de Segurança em quatro. Ação Civil Pública apareceu em uma prova e Recurso Ordinário, Agravo de Instrumento, Contestação e Ação Popular em duas ocasiões cada.

Como se preparar da melhor forma possível para a realização da peça?

Ao se preparar para a segunda fase, é importante considerar pequenas ações que podem fazer toda a diferença na sua aprovação. Por isso, veja algumas delas, a seguir:

  • conheça as peças mais recorrentes da área que você escolheu;
  • crie o hábito de consultar o Vade Mecum, para conseguir encontrar rapidamente aquilo que você procura durante a prova;
  • pratique a elaboração da peça;
  • crie o hábito de escrever à mão com caneta — lembre-se de que a letra precisa ser legível;
  • saiba identificar corretamente a peça solicitada.

Como vimos, as peças mais cobradas na OAB apresentam um grau de importância e dificuldade altos. Por isso, é importante que o aluno inicie a sua preparação quanto antes, considerando as peças mais cobradas em anos anteriores. Nesse momento, contar com o auxílio especializado pode fazer toda a diferença.

Quer uma ajuda extra? O OAB na Veia é uma ótima solução. Acesse o nosso site e veja como podemos ajudá-lo a conseguir a tão sonhada aprovação!

Comments

comments

Equipe de curadoria de conteúdos jurídicos.