Atenção! Saiba o que não fazer na véspera da prova da OAB

A preparação para o exame de ordem é um momento muito importante para todos os candidatos. Porém, é necessário saber o que não fazer na véspera da prova da OAB, evitando brancos, nervosismo e outros problemas durante a resolução.

Existem alguns problemas que são bastante comuns entre os estudantes nesse período, como crises de ansiedade, distúrbios do sono e mudanças de humor. Por isso é importante evitar algumas atitudes para que isso não se agrave e prejudique o desempenho.

Neste texto mostramos algumas coisas que devem ser evitadas na véspera da prova para que você não perca pontos durante a resolução. Acompanhe!

Tentar estudar o que ficou para trás

É muito comum que os alunos pensem que fazer uma revisão de véspera por conta própria, só com as matérias que não conseguiram olhar durante os estudos, é uma boa ideia para garantir uns pontinhos a mais.

Mas essa é uma atitude que deve ser evitada ao máximo na véspera da prova da OAB. Afinal, tentar estudar as matérias ou assuntos que ficaram para trás durante a preparação trará mais ansiedade e nervosismo durante o exame.

Isso acontece porque é muito difícil que o aluno tenha o tempo e a concentração necessária para dar conta desse estudo, e ele ficará com a impressão de que não conhece nada da matéria e que não estudou direito durante a preparação para a prova.

O ideal é fazer uma revisão com cursinhos voltados para a OAB, que trarão resumos diretos e objetivos das matérias e dicas pontuais para a prova sem um aprofundamento que pode desgastar o candidato ou deixá-lo mais ansioso com a sua capacidade.

Brigar ou entrar em discussões

Na véspera da prova da OAB os candidatos costumam ficar com os nervos à flor da pele, afinal esse exame é muito importante e é o primeiro passo para conseguir a tão sonhada carteirinha e começar uma carreira na advocacia.

Por isso mesmo é comum ficar mais propenso a entrar em brigas e discussões, principalmente nas redes sociais (sabe aquele tio que jura que o primo passou na OAB antes mesmo de terminar a faculdade?), mas isso deve ser evitado ao máximo — se possível, nem utilize essas ferramentas.

Discutir ou brigar na véspera da prova traz problemas para o preparo emocional do candidato, desestabilizando-o e podendo prejudicar seu desempenho no exame de ordem. Isso pode acarretar os famosos brancos ou mesmo tornar o dia seguinte muito cansativo.

A prova da OAB tem uma grande margem de fator emocional envolvido no desempenho, por isso o preparo psicológico é fundamental nesse momento. Lembre-se de que você deve chegar no exame calmo e com a mente tranquila para que nada atrapalhe a resolução das questões.

Dormir tarde

Uma coisa simples mas muito importante sobre o que não fazer na véspera da prova da OAB é não ter uma boa noite de sono. Claro que com toda a ansiedade que o exame traz, é difícil dormir bem cedo e tranquilo, afinal toda a sua preparação para esse momento e as consequências passarão pela sua cabeça.

Isso não quer dizer que você só deve ir para a cama quando não aguentar mais, pois isso prejudicará o seu rendimento devido ao cansaço e pode até fazer você perder a hora da prova: muitas vezes o sono é tão pesado que nem ouvimos o despertador!

Aqui o ideal é deitar cedo (mesmo que você saiba que não vai conseguir dormir naquele instante) em um ambiente tranquilo, sem barulho e com pouca luminosidade para ter um tempinho para a cabeça descansar.

Seguindo essas dicas sobre o que não fazer na véspera da prova da OAB você, com certeza, ficará mais preparado para enfrentar o exame, principalmente no lado emocional. Não esqueça que é muito importante verificar com antecedência o roteiro do local da prova para não perder a hora ou ficar ansioso com isso no dia anterior.

Gostou do nosso texto sobre a véspera da prova da OAB? Então confira também nossas dicas sobre a melhor forma de se organizar para estudar sozinho!

Comments

comments