melhores áreas do direito para advogar

Melhores áreas do direito para advogar no Brasil: conheça!

Ao entrar na faculdade, a maioria dos futuros bacharéis ainda não sabe em qual áreas do direito advogar. Afinal, essa carreira oferece várias possibilidades para o estudante escolher.

O ideal é aproveitar os cinco anos do curso para tomar essa decisão e desfrutar das oportunidades de estágios que costumam ser oferecidas. Porém, para isso, é preciso conhecer a fundo os campos de atuação.

Pensando nisso, neste texto, vamos apresentar a você algumas das melhores áreas do direito para advogar no Brasil. Continue a leitura e confira!

Recuperação judicial

A atual crise econômica enfrentada pelo país fez com que aumentasse o número de processos de recuperação judicial e de crédito, o que estimulou a procura por advogados especializados nessa área para ajudar a manter a saúde financeira das empresas — as quais, em alguns casos, chegam a criar setores internos responsáveis por isso.

Para se destacar no mercado, esse profissional precisa ter um perfil conciliador e de bom negociador. Ele deve, também, ser capaz de conseguir os melhores acordos para tirar a empresa do endividamento crítico, negociando suas dívidas e créditos.

Compliance

Impulsionado pela Operação Lava Jato e pela Nova Lei Anticorrupção, o compliance ainda não é estudado nas faculdades, mas já conta com algumas opções de pós-graduação sobre o tema.

O advogado que atuar nessa área deverá orientar a administração da empresa para que siga a legislação vigente em seus regulamentos, evitando que o negócio se envolva em escândalos legais e protegendo-o de possíveis sanções. Para isso, ter experiência prévia em auditoria é um diferencial para o especialista.

Direito Tributário

Outra área interessante é a do Direito Tributário. Ela oferece grande demanda, uma vez que as empresas têm necessidade de um bom planejamento para não sofrerem prejuízos financeiros.

O profissional tributarista pode trabalhar para pessoa física ou jurídica, oferecendo consultoria, planejamento e implementação de projetos fiscais. Além disso, este profissional é responsável pelas obrigações tributárias e defender o contribuinte no recolhimento dos impostos.

Para isso, o advogado precisa ter domínio dos princípios e das normas acerca da arrecadação de tributos, além de conhecer as atribuições dos órgãos de fiscalização.

Direito Civil

A área do Direito Civil é tão ampla que oferece uma série de opções de especializações, como Direito da Família, de bens e, até mesmo, de pessoas.

O foco desse profissional — que poderá trabalhar na área judicial ou arbitral — será representar os interesses do cliente em relação às propriedades, às obrigações e às sucessões.

Assim como a Recuperação Judicial, o Direito Civil também conquistou um crescimento em seus números a partir de 2018, com a crise econômica. Isso porque aumentaram os conflitos e — por consequência — os processos judiciários na área civil.

Conclusão

Como vimos, há várias áreas de atuação na carreira de Direito. Para escolher a melhor opção, é preciso aproveitar a duração do curso para conhecer a fundo cada uma, realizar estágios — se possível — e conversar com outros profissionais atuantes. Dessa forma, você poderá saber qual se encaixa melhor no seu perfil de estudante e futuro advogado.

Gostou deste post sobre as áreas do Direito? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter. Assim, você poderá receber outros conteúdos como este diretamente em seu e-mail!

Comments

comments

Equipe de curadoria de conteúdos jurídicos.