O drama de muitos examinandos  é a reprovação entre 37 e 39 pontos.

A pergunta mais recebida no período posterior a prova de 1ª Fase do Exame de Ordem é: “Vão existir anulações?”

Nós já publicamos aqui os prospectos de recursos para o XXV Exame de Ordem.

Mas hoje viemos trazer alguns dados sobre como a FGV/OAB tem se posicionado a respeito dos recursos.

Histórico de Anulações no Exame de Ordem

Exame
Anulações
V 1
VI 2
VII 4
VIII 0
IX 3
X 0
XI 1
XII 0
XIII 0
XIV 0
XV 2
XVI 0
XVII 2
XVIII 0
XIX 0
XX 0
XXI 2
XXII 0
XXIII 0
XXIV 1
XXV
?

A partir da análise do histórico fica claro que os recursos são tema ainda turvo no que se refere ao Exame de Ordem.

Nem sempre um índice de aprovação alto traz o desprovimento dos recursos, como foi o caso do XXIV Exame de Ordem.  Que com um índice de aprovação alto teve uma questão anulada.

Assim como, nem sempre um índice de reprovação alto faz com que recursos sejam providos, como ocorreu no XXIII Exame de Ordem. Um dos piores Exames da história da OAB em que não ocorreram anulações.

E agora o que faço?

Se você é um dos examinandos que se encontra entre os 37 e 39 pontos você tem uma difícil escolha a fazer.

Sinceramente, acreditamos que o melhor para quem está entre 39 e 38 pontos é iniciar os estudos para 2ª Fase. Manter a esperança e caso não ocorram anulações migrar automaticamente o foco para a 1ª Fase.

Porém, se você está entre os examinandos com menos de 37 pontos, sua situação é mais complicada. E acreditamos que já é hora de iniciar os estudos para 1ª Fase. Contar com 3 ou mais anulações é esperar por um milagre.

Existe a possibilidade de anulações?

Falar sobre anulações é sempre algo delicado, a FGV é muito imprevisível quanto a análise de recursos. Acreditamos que os alunos que estão entre 38 e 39 acertos sempre podem aguardar mais esperançosos por eventuais anulações. Entretanto, sempre é bom aguardar com os pés no chão, sabendo que a boa notícia pode não chegar.

Pelo histórico que a FGV essa resposta é bem vaga e o que precisa ficar claro é que de nenhuma forma você deve parar de estudar!

Se você quer iniciar sua preparação para a 2ª Fase mas está com receio sugerimos utilizar o Garantia CEISC. Clique aqui e saiba mais.

Existe a possibilidade de retificação de gabarito?

Diferente da anulação, a retificação de gabarito apenas altera a alternativa correta. Neste momento, é improvável que a FGV realize retificações, normalmente estas retificações ocorrem logo após a divulgação do gabarito.

Para receber uma pontuação de eventual anulação preciso recorrer?

O item 5.9.1 do edital deixa bem claro: “No caso de anulação de questão integrante da prova objetiva, a pontuação correspondente será atribuída a todos os examinandos indistintamente, inclusive aos que não tenham interposto recurso.” Portanto, não é necessário que você recorra para receber eventual pontuação.

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.