Buenas Galera,
Estamos próximos a Prova da 2ª Fase do Exame de Ordem. Chegou o momento de conversarmos sobre estratégias para a resolução do Exame e manejo de tempo.

Muitos candidatos nos questionam sobre qual a melhor forma de resolver a prova. Além disso, muitos nos pedem ajuda para traçar uma estratégia, principalmente aqueles que encaram a prova pela primeira vez. Então vamos lá:

Primeiro, sempre é importante salientarmos que não existe uma fórmula mágica. Cada examinando vai descobrindo com os treinos a melhor forma de encarar a OAB de frente. O treino já deve ter feito com que cada um de vocês criasse confiança e compreendesse melhor a sistemática da prova.

Como assim treino?

Opa! Ainda não treinou? Então inicie agora mesmo! Fazer peças e questões de provas anteriores nas mesmas condições da prova, contando o tempo e apenas com o código, neste momento esta estratégia é essencial para compreender o seu status atual de preparação.

Vamos dividir esta publicação em duas partes. A primeira vai trazer para você o que sugerimos como ordem de resolução da peça prático-profissional e depois vamos falar um pouquinho sobre como lidar com o tempo na 2ª Fase do Exame de Ordem.

Sugestão de ordem para resolução da prova na 2ª Fase do Exame de Ordem

  • Leia a peça com atenção!

    A sua aprovação depende deste primeiro momento: uma leitura com atenção irá permitir com que você vislumbre as teses a serem abordadas na peça. Com calma, procure verificar a presença das palavras chaves e identificar a peça.

  • Faça o esqueleto

    Você foi treinado, já sabe o que fazer. Utilize o check-list e preencha seu esqueleto. Não há necessidade de fazer um rascunho da peça inteira, pois o esqueleto irá cumprir esta finalidade e lhe poupará tempo. Não esqueça de nada, adicione ao seu esqueleto todas as teses que você vislumbrar na peça.

  • Leia as questões

    Feito o esqueleto da peça prático-profissional, se acalme, respire fundo e siga para as questões. Esse tempo em que você irá ler as questões, também irá lhe ajudar a perceber novas teses, que poderão ser aproveitadas quando você retornar para a peça.
    Não se esqueça de que apesar da peça prático-profissional ser o pilar central da sua aprovação, sem as questões esse caminho pode ficar difícil. Utilize o mesmo método, faça um esqueleto para cada questão, tentando sempre vislumbrar a tese que a banca quer que você aborde.

  • Hora de escrever!

    Pronto! Esqueletos montados, releia a peça e inicie a sua elaboração. Lembre-se sempre de recorrer ao código, utilizar o check-list e, o mais essencial, manter a calma.

    Finalizada a peça, inicie as questões e administre o seu tempo. (Este tema será abordado no próximo tópico).

    A 2ª Fase do Exame de Ordem deve ser encarada de forma estratégica, saiba sempre que você está  preparado e que o caminho da sua aprovação perpassa por um pensamento confiante, calmo e necessita de um estudo organizado.

Como manejar o tempo na 2ª Fase do Exame de Ordem?

  • Tempo? Não esqueça o relógio.

    Todas as salas de aula em que são realizados os Exames de Ordem contam com relógios ou alguma forma de controle do tempo (ainda que seja um desenho no quadro, feito pelo fiscal da prova). Sendo assim, conforme você for evoluindo na resolução da prova, verifique o tempo que ainda possui disponível para completá-la.

  • Faça uma leitura pausada

    Uma grande falha cometida pelos examinandos é a leitura apressada dos enunciados. Sugerimos que na leitura das questões, você gaste uma parcela de tempo, sublinhando o que julgar importante, antes de  passar para o “esqueleto”.

    É normal que em uma primeira leitura você sinta um estranhamento, tenha algumas dúvidas. Neste caso, respire fundo e refaça a leitura com calma. Não tenha medo de repetir a leitura, pois fazendo-a pausadamente, você pode descobrir pontos importantes, que na primeira passada de olhos, não avistou.

  • Compreenda seu inimigo

    Conforme citamos no tópico anterior sobre a ordem de resolução da prova, é importante que você leia a peça, faça o esqueleto e então leia as questões. O motivo disto é justamente a compreensão da extensão e  da complexidade da prova. Após a leitura das questões já é possível que você trace os níveis de dificuldade de cada uma delas e defina quais lhe tomarão mais ou menos tempo.

  • Dividindo para conquistar

    Após a leitura e compreensão da complexidade das questões, você deve analisar a divisão de tempo necessária para realização da prova.

    Naturalmente, a maior parcela de tempo será dedicada a elaboração da peça prático-profissional. Sendo assim, sugirimos dedicar entre 2h30min a 3h para elaborar a peça, restando de 2h a 2h30min para elaborar as questões. Este tempo pode (e deve) variar, conforme a complexidade avaliada por você no momento da prova.

  • Tenha calma!

    É muito importante que você mantenha a calma, mesmo que venha a encontrar temas mais complexos ou desconhecidos.

    Siga a divisão de horários definida e evite perder a cabeça. Em caso de nervosismo ou pânico, saia de sala de aula e vá ao banheiro. Respire! Acalme-se!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.