DESCUBRA AGORA QUANDO COMEÇAR A ESTUDAR PARA A PROVA DA OAB

Quem decide ingressar no curso de Direito sabe que, para seguir a carreira de advogado, em algum momento deverá se submeter ao famoso e temido Exame da Ordem. Não restam dúvidas de que esta é uma fase que exige muita dedicação, mas conhecer exatamente como ele funciona e saber quando fazer a prova da OAB são etapas decisivos para quem sonha em conquistar mais esse desafio.

Você já analisou que a data da prova pode influenciar num resultado positivo ou negativo? Pois bem, no post de hoje vamos abordar como diagnosticar o período mais propício para enfrentar esse obstáculo. Ficou curioso? Siga a leitura e confira!

A partir de qual período um estudante de direito pode prestar a prova da OAB?

A prerrogativa de fazer a prova da OAB não é apenas dos bacharéis em Direito, ou seja, de que já terminou a faculdade. Existe a previsão de que os estudantes que estiverem cursando o último ano ou os dois últimos semestres da graduação também podem realizá-la.

Quais os fatores que influenciam na escolha do melhor momento para a prova?

Nível de preparo

O nível de preparo é um ponto fundamental para se decidir quando fazer a prova da OAB. Apesar de serem exigidos apenas 50% acertos para aprovação na primeira fase e 60% na segunda, o volume de conteúdos é bastante extenso e pode levar o candidato à perda do controle emocional.

Dessa forma, é importante ter em mente que a boa preparação não depende apenas de dominar todas as disciplinas a fundo, afinal, isso é quase impossível. Todavia, projetar um desempenho para se dedicar aos principais temas e resolver questões dos exames anteriores com tranquilidade de tempo é um excelente caminho.

Demandas familiares, profissionais e acadêmicas

A fase de preparação requer dos candidatos uma entrega maior de tempo e energia. Porém, nesse intervalo, outras demandas acabam surgindo e roubam o foco dos estudos. Ter um bom equilíbrio emocional para conseguir lidar com todas as situações do dia a dia, sem deixar que elas prejudiquem o seu esforço e determinação, será uma das peças-chave para ser aprovado no Exame da Ordem.

Demandas familiares

No caso de demandas familiares, por exemplo, há candidatos que têm o dever do cuidado com os filhos ou outros parentes e isso interfere diretamente em sua rotina. Então, vale ponderar se é possível lidar com todos esses desafios no último semestre da faculdade ou se seria mais proveitoso concluir o curso para depois se submeter ao Exame da Ordem.

Demandas profissionais e acadêmicas

É provável que, durante o período da faculdade, o candidato tenha que conciliar seus estudos com algum estágio ou com algum emprego.

Diante de tais situações, o que deve ser observado é se haverá maior tempo livre antes ou depois da conclusão do curso.

Possibilidade de fazer um curso preparatório

Ainda no quesito preparação para o exame da ordem, outra dica valiosa é o investimento em um curso preparatório. Isso porque, por mais dedicado que seja o acadêmico, receber orientações específicas vai potencializar seu conhecimento e aumentar chances de aprovação. O curso preparatório é um diferencial que ajudará principalmente nos pontos em que você tem mais dificuldade.

O problema, no entanto, é que nem todos os candidatos têm condições financeiras ou tempo suficiente para realizar curso preparatório durante a graduação. Desse modo, é importante analisar que talvez a escolha mais acertada é deixar de fazer a prova ainda durante o curso. A ideia é munir-se dos instrumentos certos para garantir o sucesso — um pouco — mais adiante.

Após considerar esses pontos, você terá mais clareza para definir quando fazer a prova da OAB. Não há uma regra que se aplique a todas as pessoas. O segredo do sucesso é aliar disciplina e dedicação ao momento certo.

O que achou desse post? As informações foram úteis para esclarecer suas dúvidas e ajudar na tomada da melhor decisão? Deixe seu comentário!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.