Controle emocional é um dos principais fatores de sucesso para qualquer etapa decisiva da vida, principalmente se essa etapa for a prova da OAB. Afinal, estar bem emocionalmente será fator essencial para realizar o exame com mais tranquilidade.

Sabemos que é natural sentir estresse, ansiedade e medo no momento de se preparar e realizar a prova. É importante controlar esses sentimentos e saber lidar com o que está causando isso, que pode ser excesso de preocupação, reprovação em exames anteriores, falta de conhecimento, medo de esquecer o conteúdo, dentre outros motivos.

Entenda que qualquer desequilíbrio emocional poderá ser determinante para você não conseguir ter bom desempenho no exame, podendo gerar situações desconfortáveis, como desespero, interpretações equivocadas do conteúdo, esquecimento e nervosismo.

Para ajudar nesse desafio, preparamos algumas dicas para que você consiga se preparar e manter o controle emocional no momento da prova. Confira!

1. Prepare-se

Não tem jeito, é preciso se preparar para uma prova tão importante quanto a da OAB. Por mais que você tenha facilidade de aprender e memorizar o conteúdo, a preparação ajudará muito na segurança no momento da prova, o que é essencial para não perder o controle emocional.

Então, ao longo do ano faça a lição de casa, estudando com frequência, realizando cursos, consultando provas dos anos anteriores, bem como investindo em simulações para se habituar ao tempo da prova.

Nas vésperas do exame, procure fazer uma revisão leve e que traga pontos que são chaves para realizar a prova. Além disso, preserve o seu corpo e a sua mente para que estejam nas melhores condições.

2. Tenha confiança

Outro fator que influencia muito no controle emocional no momento da prova é procurar estar pleno, de modo que a confiança no seu potencial seja um grande ingrediente para não desestabilizá-lo.

Afinal, você sabe o quanto estudou e se esforçou para realizar um bom exame, não existindo motivos para se questionar quanto a isso. Portanto, quando algum sinal de que o seu lado emocional poderá se desestabilizar, procure resgatar essa confiança, lembrando o quanto se preparou para estar ali.

Aliás, de nada adianta ter estudado muito se, no momento do exame, a confiança não ajuda a usar esse conhecimento para conseguir realizar uma boa prova.

3. Evite se cobrar desnecessariamente

Outra dica importante é que você não fique se cobrando sem necessidade. Tenha em mente que ninguém sabe tudo, e é humanamente impossível memorizar todo o conhecimento que é cobrado na prova.

Então, poupe-se dessa pressão que é a cobrança de si próprio. Ela não ajudará em nada e só fará com que perca o seu controle emocional. Relaxe e deixe a sua mente o mais leve possível para conseguir fazer uma boa prova.

4. Procure não se preocupar com o resultado

Por fim, a nossa última dica é que você tente não se preocupar com o resultado. Ele será apenas a consequência do seu desempenho na prova, o que depende de vários fatores, dentre eles o seu controle emocional.

Tenha em mente que nada adiantará se preocupar com o resultado antes. Será preciso construí-lo primeiro, ok? Então, elimine essa preocupação da sua cabeça.

Seguindo estas dicas sobre controle emocional e buscando o auxílio de profissionais, não tem como dar errado a sua preparação para o momento da prova.

Você tem alguma dúvida sobre o assunto? Então, compartilhe conosco nos comentários abaixo.

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.