Aprenda agora como fazer marcações no Vade Mecum corretamente

Quem vai prestar a segunda fase da OAB precisa saber como fazer anotações no Vade Mecum, afinal, esse é um dos materiais que você pode utilizar para consulta e ele deve estar dentro das regras do edital.

Além dele, também é possível levar súmulas, enunciados e orientações jurisprudenciais organizados, leis de introdução, instruções normativas, regimentos internos, resoluções de tribunais, etc., desde que nada disso esteja comentado.

Fazer anotações incorretamente custa caro: o material pode ser recolhido e, em alguns casos, a prova será anulada e o candidato, eliminado do exame. Por isso, neste conteúdo, nós ensinamos como fazer as marcações sem problemas. Confira!

Utilize códigos sem índices estruturados

A palavra-chave sobre como fazer anotações no Vade Mecum para a prova da OAB é cautela. Depois de meses, ou até mesmo anos, de preparação, é fundamental que tudo esteja de acordo com as regras para não ser desqualificado do exame.

A primeira dica é utilizar um código sem índices estruturados para a peça processual, ou seja, sem “esquemas” ou remissões literais sobre a petição que você deve elaborar na segunda fase da OAB.

Verifique bem o seu Vade Mecum para ter certeza de que o índice não está em desacordo com as regras do edital do exame e não anote nada que possa fazer uma remissão direta à peça processual (como escrever “qualificação” ao lado de um artigo).

Tomando esses cuidados você garantirá que o índice do seu código está de acordo com as regras e ficará mais tranquilo no momento da prova, porque não terá medo de haver alguma coisa errada.

Use caneta marca-texto

A segunda dica é usar caneta marca-texto para fazer grifos no Vade Mecum. Muitas pessoas utilizam várias canetas coloridas, lápis de diferentes tonalidades e outras práticas para marcar o código.

Apesar de essas atitudes não serem contra as regras, tendo em vista que não há limite para as cores utilizadas, elas podem gerar desconfiança — e você perderá tempo durante a prova enquanto o fiscal verifica se está tudo correto.

Além disso, quando o código tem marcações demais, ele vira um “carnaval” e pode gerar mais confusão do que ajudar. Assim, o candidato pode se perder na hora, afinal, ele terá que “decifrar” tudo o que grifou em determinado artigo ou lei e saber o que cada cor significa.

Grife de forma simples e faça remissões

Ao utilizar o marca-texto, grife de forma simples. Como dissemos, fazer rabiscos demais e exagerar na hora de realizar uma anotação pode atrapalhar sua consulta.

Apesar de a utilização de códigos anotados não ser permitida, você poderá fazer remissões a outros artigos da lei. Por exemplo: ao lado de um artigo do Código Civil é possível escrever “V. art. 20 CPC”.

Lembre-se que símbolos, como círculos, asteriscos e flechinhas, não são permitidos. Então, tenha muito cuidado na hora de fazer as suas remissões, pois esses “desenhos” são irregulares.

A dica aqui é ser simples e não exagerar. Grife ou sublinhe o que for mais importante de cada artigo e faça uma pequena remissão. Não circule palavras, artigos ou faça asteriscos ao lado de certos termos para não correr nenhum risco.

Utilize clipes ou os separadores permitidos

A última dica é em relação à separação dos códigos e leis dentro do Vade Mecum. Como ele é um grande compilado das legislações mais importantes do Direito, pode ser difícil e demorado achar o necessário durante a prova.

Como tempo é fundamental nesse momento, você pode fazer a separação de cada legislação, desde que utilize materiais permitidos pelo edital. Portanto, é importante se atentar a todas as disposições.

Você poderá utilizar clipes de papel ou separadores de código, fabricados por editoras, em que não houver nenhuma anotação além da remissão das leis (apenas Código Civil, Código Penal, etc.).

Conhecendo e seguindo essas dicas sobre como fazer anotações no Vade Mecum você irá para a prova mais tranquilo e seguro, afinal, não haverá nenhuma irregularidade que possa excluí-lo do exame e frustrar toda a sua preparação.

Gostou das nossas dicas para fazer suas anotações no Vade Mecum? Aproveite e confira o nosso artigo com um planner de estudos para OAB. Assim você organizará a sua rotina na preparação para a prova!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.