A prova da OAB é um momento de suma importância para o estudante de Direito, uma vez que é somente após a aprovação que o título de advogado é alcançado.

O alto índice de reprovação costuma criar bastante ansiedade nos candidatos e, por causa disso, é importante estar preparado no momento do exame.

No post de hoje, vamos dar cinco dicas de como montar um plano de estudo certeiro para garantir a aprovação. Acompanhe!

1. Avalie as provas anteriores

Cada banca examinadora tem um perfil distinto ao elaborar as provas. Conhecer o estilo do certame que você vai fazer é uma estratégia primordial para ter sucesso.

Avalie, pelo menos, os últimos três exames e busque o ponto em comum entre eles. Anote qual é o estilo das questões, o que costuma ser exigido e o modo de correção. Sempre há um padrão nas provas e vale a pena descobrir qual é.

2. Faça simulados

Uma das formas mais eficazes de montar um plano de estudo eficiente é resolvendo as provas anteriores.

Treine periodicamente com os exames anteriores e anote as matérias em que você tem mais e menos dificuldade. Dessa forma, você evita perder tempo estudando os pontos que já domina.

Além de fazer os simulados em casa, procure também os que são promovidos pelos cursos preparatórios para a OAB, pois eles são excelentes para que o candidato pratique a resolução da prova, tendo que levar em consideração algumas questões, como o preenchimento do gabarito e o tempo.

3. Divida as matérias por blocos

Para se preparar para o exame da OAB, você precisará estudar todas as matérias que aprendeu durante os cinco anos de faculdade.

Certamente, essa não é uma tarefa fácil e, portanto, você precisa se organizar de modo que consiga rever o maior número de pontos possível.

Uma boa forma de fazer isso é montando o seu plano de estudos, agrupando as matérias por afinidade — ou seja, em um dia, você estuda teoria geral do processo, direito civil e processo civil e, no outro, direito penal e processo penal, e por aí vai.

Dessa forma, você consegue estudar várias matérias interligadas em um mesmo dia.

4. Avalie o peso das disciplinas na hora da prova

Algumas disciplinas pesam mais do que outras na prova, então, é bom ficar atento a essa questão.

Para isso, é importante que você leia o edital com atenção e compreenda como será feita a correção e a divisão dos pontos.

Dessa forma, o seu tempo de estudos deverá ser dividido proporcionalmente entre as matérias, levando em consideração a importância de cada uma delas.

5. Descanse

Sim, descanse. Por mais que a pressão e a ansiedade sejam grandes, é importante que você saiba o momento de parar, descansar e relaxar.

Muitas pessoas reprovam no exame da OAB apenas por causa do nervosismo. Elas estudaram, prepararam-se, conhecem a matéria, mas falham ao esquecer que, nessa prova, as maiores concorrentes são elas próprias.

Portanto, deixe de lado a pressão familiar e qualquer outro motivo que possa atrapalhá-lo e entre confiante.

Se você gostou das nossas dicas sobre plano de estudo, compartilhe nosso texto em suas redes sociais e ajude outras pessoas na preparação! Vamos lá!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.