Escolher a área na segunda fase da OAB não é uma tarefa fácil: são várias matérias que podem ter peças completamente diferentes, que fazem muita diferença para a aprovação do candidato.

Nessa fase, você terá que fazer uma peça jurídica, além de responder algumas questões discursivas sobre a matéria que você escolher. Portanto, é fundamental ter segurança na decisão.

Para facilitar a sua escolha, neste texto daremos 4 dicas para conseguir fazer isso com mais confiança, melhorando as suas chances de aprovação. Confira!

1. Considere sua afinidade com o assunto durante a graduação

A primeira dica para escolher a área na segunda fase da OAB é a sua afinidade com o assunto durante a graduação. Isso é um ponto importante porque é comum que os alunos estudem mais e entendam melhor a matéria quando gostam daquele tema específico. Você vai estudar a mesma matéria por horas durante muitas semanas, é de suma importância que goste dos conteúdos.

Tendo uma boa base teórica durante a faculdade, o estudo para a segunda fase da OAB fica muito mais eficaz. Isso aumenta a produtividade e a retenção de conhecimento, pontos fundamentais para fazer uma boa prova.

Além disso, o estudo ficará mais prazeroso, tendo em vista que você gosta da matéria. Isso é importante para que o rendimento não caia devido ao cansaço ou indisposição. Portanto, sempre analise as matérias que você mais curtia durante a graduação e veja se elas são boas opções para a segunda fase.

2. Preste atenção nos índices de aprovação e reprovação

Para quem está mais pedido na escolha, é bom checar os índices de aprovação e reprovação das provas anteriores antes de bater o martelo na matéria que você focará na segunda fase. Geralmente, aquelas áreas que reprovam mais tendem a ser mais difíceis ou com peças específicas, que podem ser uma casca de banana.

Já aquelas que têm um bom índice de aprovação costumam ser mais tranquilas e com uma petição mais fácil de identificar, diminuindo consideravelmente a probabilidade de reprovação do candidato por ter errado a peça.

Mas essas informações devem ser analisadas com cuidado. Algumas matérias são pouco escolhidas, como Direito Tributário, e têm um bom índice de aprovação. Isso acontece porque quem faz essa escolha já conhece bastante o assunto e está confortável com a prova, e não necessariamente porque é mais fácil.

3. Considere sua experiência pessoal

Uma boa dica para escolher a matéria da segunda fase da OAB é considerar a sua experiência pessoal. Se você já fez estágio em escritórios de advocacia ou órgãos da justiça, deve ter trabalhado em áreas específicas, que renderam um bom conhecimento sobre as petições.

Apesar de a prova da OAB cobrar a peça de uma maneira característica, ter experiência na área pode facilitar bastante na hora de descobrir qual é a peça que está sendo cobrada e quais são os pontos que devem ser abordados, diminuindo as chances de perda de pontuação.

Portanto, se você tem experiência em uma determinada área, sempre considere esse ponto, pois ficará mais fácil identificar a peça pedida pela banca com a situação fictícia apresentada.

4. Tente continuar na mesma área em outras tentativas

A última dica sobre a matéria a ser escolhida vai para aquelas pessoas que não conseguiram passar de primeira na OAB. Se não é a primeira vez que você faz a prova, tente continuar na mesma área da última prova, ainda que você tenha tido um rendimento abaixo do esperado.

Nessa próxima tentativa, você terá mais tempo para estudar e já começará com uma boa base e conhecimentos que adquiriu na prova anterior. Assim, ficará mais fácil dar conta de toda a matéria, além de conhecer seus erros anteriores para não cometê-los novamente.

Conhecendo essas dicas para escolher a área na segunda fase da OAB você conseguirá fazer essa decisão com mais confiança, sabendo exatamente qual a matéria certa para você. Não esqueça de contar com um curso preparatório específico para a prova, para garantir a sua aprovação!

Agora que você já conhece nossas dicas para a segunda fase, não deixe de acompanhar nosso texto sobre o que fazer no último mês antes da prova!

Comments

comments

Responsável pela coordenação dos projetos, cursos preparatórios e eventos relacionados aos cursos de 1ª Fase da OAB do CEISC. Editora e criadora de conteúdo web e inbound marketing.